Acessibilidade
Contraste

15 de dezembro de 2020

Sesc RN apresenta projeto nacional Identidades Brasilis

Iniciativa do Departamento Nacional do Sesc acontece em todo o Brasil e estará disponível pelo Youtube, dentro de projeto potiguar de incentivo à cultura

A promoção e visibilidade da expressão artística-cultural dos povos indígena e negro estarão em debate no projeto Identidade Brasilis, promovido pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) em todo o Brasil. No Rio Grande do Norte, o evento acontece entre os dias 17 e 19 de dezembro, dentro da programação virtual da Aldeia Sesc Seridó, desenvolvida pela entidade do Sistema Fecomécio RN.

O objetivo central está na valorização das produções artísticas, pesquisas e questões ligadas ao tema, chegando à sociedade de maneira proporcional e democrática, criando conexões e inspiração a partir dos conteúdos que serão apresentados. A ideia tem como referência as políticas públicas nacionais, como o Artigo 215 da Constituição Federal, a lei nº 11.645/2008 que trata de questões relacionadas à História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena, entre outras.

Na quinta-feira (17), as atrações começam com o teatro de “Maleme: Valei-me Tony Silva”, seguida pelo diálogo “Por uma educação antirracista: Identidade e desconstrução”, com Meyriane Costa, Ana Paula Campos e Leonardo Moraes (mediação / Sesc DN).

Na sexta-feira (18), a programação segue com o podcast; “Uma conversa sobre troncos e raízes com Graciliano Soares e Meyriane Costa- Aldeia Catu”, depois com a música da “Apresentação pluriartística e introdução histórica”, de Frank Lemos, encerrando com outra rodada de diálogo tratando dos “Territórios indígenas: os caminhos entre os saberes ancestrais para uma educação decolonial”, com Andrielle Mendes, Carlos Eduardo de Araújo e Aliã Wamiri (mediação / Sesc PI).

No sábado (19), último dia do Identidades Brasilis começa com a oficina “Por uma pedagogia decolonial e pluriversal”, com Ana Paula Campos, em que o interessado deve enviar e-mail (cultura@rn.sesc.com.br) para efetuar inscrição. Logo em seguida começará o diálogo “Encruzilhando saberes: representatividade e ancestralidade”, com Stéphanie Moreira e Rosy Nascimento. E o enceramento com “Africanidades do Povo Potyguar Nação Zamberacatu”.

A programação completa você encontra em nosso site (sescrn.com.br) com os horários e participantes do projeto. Com apoio do Departamento Nacional, o tema se destina a todos os públicos por meio da internet, integrando a Aldeia Sesc Seridó que acontece desde o início do mês em plataformas digitais do regional norte-rio-grandense.

Serviço:

O que? Identidades Brasilis / Aldeia Sesc Seridó

Quando? 17 a 19 de dezembro de 2020

Onde? Youtube do Sesc RN

Mais informações: sescrn.com.br

 

 

Arquivos para download

Clique no título do arquivo para baixar o arquivo para o seu computador.

Veja outras notícias